Entrevista de INRI CRISTO ao teleblogger de Patricia Lorenzetti

1- Inri, o que representa a fé para você?
INRI CRISTO: “A fé nascida do fanatismo, da idolatria, da subserviência aos falsos profetas, representa descer a ladeira da esquizofrenia. Todavia, a fé nascida da conscientização de DEUS representa uma simbiose com DEUS, representa começar uma nova vida em harmonia com DEUS”.

2- O que vc diz a todas as pessoas que não acreditam que o senhor é o nosso pai Jesus Cristo?
INRI CRISTO: “Digo a essas pessoas: Reconheço vosso direito de pensar e dizer o que quiserdes, desde que me respeiteis o direito e dever de esclarecer quem sou. Não escolhi ser Cristo, não posso vos obrigar a saber que sou, mas isso não altera minha realidade. Pensais que é fácil, obediente a meu PAI, andar indumentado assim, os ignorantes debochando de mim? Ainda que os malignos condenaram Galileu, a Terra continua gravitando em torno do sol. O sol brilha e, mesmo que todos duvidassem, ele continuaria sendo sol. Assim também, ainda que a maioria dos terráqueos não creia que sou Cristo, continuo sendo o mesmo que crucificaram. Não me é facultado abrir a cabeça do néscio com um serrote e introduzir-lhe um bilhetinho dizendo: “Acorda-te, ignorante! Despérta-te! Eu sou INRI CRISTO, o Filho do Homem!” Só o demônio, Herodes incorporado pelo demônio pediu e pede milagres. O maligno disse enquanto eu jejuava há dois mil anos: “Se és o Filho de DEUS, transforma essas pedras em pão”, ao que lhe respondi: “Nem só de pão vive o homem”. Em verdade, em verdade vos digo: eu não necessito provar nada a ninguém, porque o óbvio é ululante, não carece de provas. Vós é que necessitais provar que sois dignos de meu PAI que me reenviou a este mundo”.

3- Inri, qual foi a maior emoção que o senhor já passou?
INRI CRISTO: “A maior emoção que já tive foi o momento da revelação em Santiago do Chile, quando DEUS se revelou para mim e revelou minha identidade. Foi a maior emoção e também o momento mais chocante da minha vida”.

4- O que o senhor acha das igrejas hoje em dia que pregam a sua palavra?
INRI CRISTO: “As igrejas que hoje em dia usam o meu nome e dizem pregar minha palavra são clubes de charlatanismo. Ora chantageiam o dízimo do salário do povo humilde em meu nome antigo (Jesus) à revelia da vontade de meu PAI, que estabeleceu o dízimo do lucro e não do miserável salário do obreiro, ora vendem falsos sacramentos e ensinam meu povo a adorar ídolos. Enfim, são clubes dirigidos por charlatães que congregam os desavisados, os desorientados, os encabrestados (sem querer ofender ninguém, mas já ofendendo no intuito de despertar as consciências)”.

5- Um recado a todos os seus fiéis !!
INRI CRISTO: “Meu nome novo é INRI. INRI é o nome que paguei com meu sangue na cruz, o nome que Pilatos escreveu acima de minha cabeça quando eu agonizava na cruz, quando cuspiam em meu rosto, quando me humilhavam, quando se cumpriam as Escrituras. INRI é o nome que custou o preço do sangue. Guardai-o em vossas cabeças e sereis fortes e felizes, meus filhos. Meu coração bate forte de amor por todos vós. Eu sou o libertador. Voltei a este mundo para libertar o meu povo do jugo dos falsos religiosos, dos grilhões da idolatria, da fantasia e da mentira. Amo a liberdade, por isto deixo livres os seres que amo. Se voltam, é porque me reconheceram e são meus filhos, dignos de meu PAI, SENHOR e DEUS, que é em mim. Se não voltam, é porque jamais tiveram parte comigo. Benditos são os olhos que me vêem, e vêem quam sou. Benditos são os ouvidos que me ouvem e me reconhecem pela minha voz. Bem-aventurados sois vós que me escutais, porque só vos falo o que escuto de meu PAI, que é o Supremo Criador, único Ser incriado, único eterno, único Ser digno de adoração e veneração, onisciente, onipotente e onipresente, único SENHOR do Universo”.

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

três − 2 =