INRI CRISTO responde sobre “mindfulness” e imaginação

Perguntas de Marlene West, da Australia:

O que o Senhor tem a dizer sobre o exercício de meditação Mindfulness, ou atenção plena no momento presente, no tratamento de doenças contemporâneas como câncer, depressão, ansiedade, stress, etc.? Isso tem a ver com o que o Senhor disse há dois mil anos: “a cada dia basta o seu cuidado”?

INRI CRISTO: “Tem a ver sim, mas é muito mais grave, muito mais sério, muito mais veemente e necessário para os dias atuais. Porque, por exemplo, como foi citado o câncer, se tu estás com câncer, e ficas te preocupando com o passado, até chegar na origem das desgraças, da tristeza, da infelicidade, da traição, das maldades que te fizeram, que culminaram com a vulnerabilidade que gerou o câncer, aí tu ficas girando em torno disso e aumentando a tua desgraça. Se tu estás curando o câncer, e estás precisando da proteção do PAI, todavia ficas te preocupando com outras coisas, de novo tu vais definhar até desencarnar. Todas as doenças, sem exceção, incluindo as mentais, tem sempre início na enfermidade da alma, porque  errar é humano, falhar é humano, vulnerabilizar é humano, entristecer é humano. Então, quando estás com diagnóstico de qualquer doença, aí tu tens que te concentrar em refugiar-te no aconchego do teu PAI, que é meu PAI, meu DEUS, que é teu DEUS, se és digno dEle, é claro. Na hora da dor, do desespero, do medo… tu te refugias nEle e te concentras só nEle, até sarar. Se tu tiveres medo de morrer, vais fatalmente morrer. Ele é onipresente sim, todavia para te beneficiar da presença dEle é mister que tu tomes consciência de que é Ele que vivifica cada célula do teu corpo e cada partícula do teu sangue. Tendo essa consciência, tu retornas a Ele, e daí no aconchego dEle, concentrando-te só nEle, tu começas a reativar o teu laboratório interno, que ao invés de produzir veneno, produzirá vitaminas, energias positivas para começares uma nova vida, uma nova etapa na tua vida.”

Enquanto estamos no corpo físico, somos capazes de formar uma imagem mental de algo que não é percebido como real, nem está presente aos sentidos, e ainda assim essa imagem pode nos trazer alegria ou ajudar-nos a resolver problemas. Quando desencarnamos, ainda temos a habilidade de imaginar?

INRI CRISTO: “Tudo muda depois do passamento, depois que o espírito sai do corpo físico e transcende para o plano espiritual. Enquanto o espírito está no corpo físico habitando o sangue, que circula no cérebro, ele está conectado com a mente, e a mente é que faculta essas visões, que só é possível ter quando se está encarnado. Quando tu desencarnas, teu espírito, que é um corpo energético, junto com a alma, vai pra um outro plano, mas a mente, que está conectada, atrelada ao neurosistema e consequentemente ao corpo físico, não vai embora; ela fica junto com o neurosistema.  Inclusive, quando em sonho tu, que és espírito, visitas outras cidades, outros países, outras pessoas, é a mente que mantém o teu corpo vivo, conectado ao espírito por um fio invisível. Espero que tu compreendas, Marlene, tu que buscas sempre mais e mais a descoberta da metafísica, da espiritualidade. Pra ti e pra todos os meus filhos que vivem aí na Australia, meu amor, a bênção de meu PAI e a paz”.

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × cinco =