Parábola dos Diamantes

Assim falou INRI CRISTO:

“O Reino de DEUS se assemelha a um grande celeiro repleto de feno e palhas onde estão ocultos, espalhados, inúmeros diamantes. Para localizá-los o perseverante catador tem que remover palha por palha, meticulosamente, porque entre uma palha e outra poderá encontrar um diamante. E só descobrindo todos os diamantes é que poderá formar a coroa da sabedoria. Assim é a busca das coisas de DEUS e da compreensão das leis de DEUS.

O pesquisador atento, que realmente tem intenção de compreender a lei de DEUS, só poderá atingir seus elevados propósitos se ler, página por página, com a anuência do ALTÍSSIMO, os livros que compõem as Sagradas Escrituras. Ali encontrará histórias cansativas e enfadonhas, terá que suportar as resmungações e calúnias dos pseudo-amigos de Jó, latidos de cães e grunhidos de porcos… inclusive as Epístolas de Paulo, que são espúrias doutrinas ministradas pelo primeiro anticristo, primeiro falso profeta, até chegar em 1º Coríntios c.15 v.9 e constatar que ele mesmo confessa sua condição de falso profeta e anticristo ao dizer taxativamente: ‘Efetivamente eu sou o mínimo dos apóstolos, que não sou digno de ser chamado apóstolo, porque persegui a igreja de DEUS’ e também em Gálatas c.1 v.7, onde ele, num furtivo momento de lucidez mesclado à crise de consciência, declara anátema qualquer Evangelho exceto o que eu (Cristo) deixei, quando paradoxalmente em todas as suas escrituras nefastas, perniciosas, venenosas e ilegítimas insiste em ministrar um evangelho paralelo ao que ensinei antes da crucificação.

Todavia, é mister lembrar que DEUS, meu PAI e SENHOR, escreve direito mesmo que por linhas tortas… Ele permitiu que Paulo inculcasse na cabeça dos incautos todas estas verborréias, facultando-me, em sua bondade infinita, identificar, antes do Juízo Final, quem são os fariseus contemporâneos, seguidores dos falsos profetas… E quem são os falsos profetas senão os impostores que se autonomearam pastores, lobos com pele de ovelha que, com um pedaço de Bíblia embaixo do braço, ululam nas esquinas e nos templos farisaicos: ‘o sangue de Jesus tem poder’?

Em verdade, eles são seguidores de Paulo, o primeiro anticristo, primeiro falso profeta. Eis por que estão marcados, estigmatizados com o sinal que identifica os integrantes do principado das trevas, como eu mesmo avisei. Não podem reclamar o direito à herança divina junto aos herdeiros do Reino de DEUS, uma vez que preveni antes da crucificação: ‘Orai e vigiai, que ningué vos engane, porque muitos virão em meu nome… farão prodígios e enganarão a muitos, até os eleitos se possível fosse’ (Mateus c.24 v.5 e 24). Para facultar a distinção, meu PAI me reenviou com um nome novo, como está escrito em Apocalipse c.3 v.12. INRI é o meu novo nome, o nome que paguei com meu sangue na cruz.

É mister que o investigador diligente leia outrossim tudo que ensinei neste século, desde o meu reaparecimento, citado no livro: “O Furacão sobre o Vaticano”, escrito pelo jornalista e pesquisador Pedro Lusz, que contém em seu bojo parte da minha história concernente à realidade atual, o ato revolucionário perpetrado em Belém do Pará que culminou com o nascimento da Nova Ordem Mística, as parábolas, o livro da SOUST (Despertador), as entrevistas, enfim, todo conteúdo doutrinário que meu PAI ministrou através de mim, cumprindo-se o que prometi antes da crucificação: ‘Ainda tenho muito a vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora’ (João c.16 v.12).

Após a conclusão deste estudo profundo, chegareis à essência da doutrina que decifra os mistérios da lei divina, diamantes componentes desta parábola. Assim estareis aptos a integrar o Reino de DEUS e sereis agraciados com as bênçãos divinas. ‘Buscai primeiro o Reino de DEUS e sua justiça e todas as outras coisas vos serão acrescentadas’ (Mateus c.6 v.33).”

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 × 3 =