18 – Perguntas de comunidades do Orkut

1) Se tu és Cristo, ajuda-nos, dá-nos uma luz: qual o melhor direcionamento para esse país sem direção chamado Brasil? (Patrícia)

INRI CRISTO: “Tu vieste com a pergunta certa, que não quer calar na cabeça dos seres raciocinantes, dos seres eretos, que gostariam de saber por que eu, INRI CRISTO, sendo Cristo, não faço nada pelo Brasil. Eu tenho muito gosto em responder essa pergunta. Com pesar digo que, por enquanto, estou impedido de ajudar o Brasil, tenho que assistir amordaçado aos descalabros, às desgraças, aos desmandos no Brasil e na América Latina. Agora eu me transferi justamente para a capital da República, onde irei me expor e propiciar a articulação de um plebiscito no qual o povo brasileiro vai dizer numa só voz, não apenas tu isoladamente, Patrícia, se quer ou não me ouvir, se quer ou não uma solução para este país. Não está longe o momento em que a maioria do povo brasileiro se juntará à tua brilhante reflexão, à tua brilhante pergunta e fará em uma só voz, em plebiscito, a mesma pergunta: o que eu posso fazer. Desde que o povo diga que quer me ouvir, que deseja conhecer as soluções, então sim poderei expor a solução. Em 1980, adverti sobre a imperiosa necessidade de priorizar a agricultura e a educação, quando estive na Câmara dos Deputados a convite do então presidente, Flávio Marcílio, reunido com alguns deputados e senadores presentes. Eles anotaram tudo, todavia não consideraram relevante o aviso. Se me tivessem levado a sério naquela época, quando ainda era viável uma solução, o Brasil não estaria mergulhado neste caos. Posteriormente, ditei cartas aos ex-Presidentes da República, alertando-os quanto ao porvir; tentei de diversas formas pronunciar-me nos programas de televisão, todavia não quiseram ouvir-me, não me deixaram falar. Em 1996, publiquei a circular intitulada A Dança dos Títeres e o MÉPIC (Movimento Eclético Pró INRI CRISTO) enviou-a às autoridades e a diversos meios de comunicação. Nela, exortei que o Brasil estava (e continua) sendo vendido aos estrangeiros. Novamente, ninguém se manifestou. Em 1998, fui expulso do Congresso Nacional por mais uma vez insistir na advertência de que, se o Brasil não desse prioridade à educação e à agricultura, estaria na iminência de amargar uma sangrenta guerra civil. Estou consciente de que fiz a minha parte, adverti em tempo. Só quando vierem perguntar-me e me deixarem falar livremente, poderei expor, não a solução, pois solução não há mais, porém um paliativo, já que agora é tarde, tarde demais. Ao contrário, um sombrio porvir espera pelo Brasil, que continuará amargando o desespero e estará definitivamente mergulhado no caos social… ”

2) INRI, o Senhor também se proclama como a encarnação de Adão, Abrãao, Moisés e Davi. Essas reencarnações estariam ocorrendo em um intervalo a cada 1200 anos? (Roberto)

INRI CRISTO: “Não, meu filho, no plano superior o tempo não conta. Todas as decisões e tudo o que acontece na Terra depende do plano cósmico, do SENHOR, o Supremo CRIADOR, meu PAI. O Reino dEle é no plano superior. Portanto, não dá para medir 1000 anos, 1200 anos, 2000 anos, 3000 anos… tudo ocorre na medida em que é necessário. Por exemplo, quando me chamava Jesus, eu prometi que em breve voltaria; não falei que iria voltar dali a dois mil anos. Eu disse que retornaria quando ouvissem falar de guerras, rumores de guerras, reino contra reino… enfim, esses seriam os sinais da minha volta. Mas eu não falei estipulando datas, porque não é possível calcular. Atualmente, digo que reencarnarei de novo aproximadamente daqui a mil anos, mas não é exatamente daqui a mil anos; posso assegurar tão somente que é no intervalo entre mil a dois mil anos, porque o dia e a hora da volta do Filho do Homem ninguém sabe, assim como o dia e a hora do fim do mundo ninguém sabe, nem os anjos do céu, senão só o PAI.”

3) Nas reencarnações supõe-se que se ensine algo, atendendo a lei de evolução. O que de novo INRI CRISTO tem para ensinar além daquilo que já foi falado a respeito do mito cristão? O que se pode melhorar em uma pedagogia (cristã) que se aplica faz mais de 2.000 anos e o povo não aprende. (Abenides)

INRI CRISTO: “Eu voltei à Terra para ensinar aos meus filhos o que não foi possível lhes transmitir no tempo em que me chamava Jesus. Hoje posso explicar abertamente sobre a lei da reencarnação (que está atrelada à evolução dos espíritos), certos detalhes da Antropologia, Biologia etc. que sempre existiram, todavia há dois mil anos eu não podia ensinar. Eis por que eu disse aos discípulos profetizando sobre minha volta à Terra: ‘…Ainda tenho muitas coisas a vos dizer, mas vós não as podeis compreender agora. Quando vier, porém, o Espírito de verdade, ele vos guiará no caminho da verdade integral, porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e anunciar-vos-á as coisas que estão para vir. Ele me glorificará porque receberá do que é meu e vo-lo anunciará. Tudo o que o PAI tem é meu. Por isso eu vos disse que ele receberá do que é meu e vo-lo anunciará. Um pouco e não me vereis, e outra vez um pouco e ver-me-eis, porquanto vou para o PAI’ (João c.16 v.7 a 16). Não é uma questão de ensinar algo novo, pois a verdade é eterna, imutável, enfim, a verdade é uma só, em qualquer lugar e em qualquer época. Eu reitero o Evangelho que deixei antes de ser crucificado (mas deixo claro que o meu Evangelho é aquilo que eu falei e não o que os outros falaram). Não respaldo qualquer distorção, qualquer fantasia que porventura tenham inserido durante minha ausência da Terra, tampouco qualquer pseudo-pedagogia cristã baseada em falsos preceitos de ética, que mais afasta os seres humanos de DEUS e da verdade, ao invés de lhes servir como diretriz para viver bem e em paz na sociedade”.

4) Vocês não responderam a minha perguntinha tão simples. As branas causaram ou não o big-bang? (Herminio ‘bim’)

INRI CRISTO: “As ‘branas’ são fruto de imaginação teórica, são meramente teorias, não são algo concreto. Os cientistas se comprazem em teorizar; hoje lançam uma teoria, amanhã outra para sobrepujar a primeira, e assim eles vão brincando. Nos tempos de Galileu, os falsos religiosos e falsos cientistas se divertiram em contradizê-lo, mas nem por isso a verdade que o ALTÍSSIMO lhe inspirou sofreu alguma alteração. Eu, INRI CRISTO, não me baseio em teoria e sim na realidade, nas revelações de meu PAI sempre dentro da racionalidade, porque muitos teóricos descem a ladeira da esquizofrenia. Ao teorizar muitas vezes fantasiam, deliram, e eu prefiro manter-me na realidade. O Big-Bang existiu, foi a reação, a consequência da vontade de meu PAI, SENHOR e DEUS. Em verdade te digo, meu filho: o SENHOR, o CRIADOR Supremo é o promotor, o causador, o detonador do Big-Bang.”

5) Vendo a mensagem que você passou, lembrei-me de fazer uma pergunta. O que faz um homem ser mais inteligente que o outro? Digo QI (Quociente de Inteligência), onde as pessoas são classificadas como inteligência normal, acima da média, superdotadas, Geniais, Super Geniais (como Galileu, Einstein e outros). Não me refiro a atitudes certas ou erradas, mas apenas à inteligência em questão, a capacidade de criar algo.

INRI CRISTO: “Essa pergunta eu respondo numa só frase: é o carma, o crédito carmático de cada um. Quando a pessoa vem ao mundo com crédito, no bojo do crédito carmático vem o grau de inteligência, a compleição do sistema neuronial, a harmonia do cérebro; é um conjunto de coisas. O grau de inteligência depende também da missão destinada a cada ser humano”.

6) Tem muita diferença nos seres humanos depois de 2007 anos? (Ivan Chitolina)

INRI CRISTO: “Existe sim. Os espíritos malignos se aprimoraram muito mais, os crimes são mais sofisticados, os vícios são mais arraigados, tornou-se mais difícil eliminá-los. Nesses últimos dois mil anos os espíritos das trevas tiveram a oportunidade de progredir bastante na saga de dominar a cabeça dos desavisados. Agora neste novo milênio, nesta minha volta depois de dois mil anos, percebi que criaram métodos de alienação e massificação muito mais contundentes e eficazes do que se usava nos tempos antes do Calvário. Naqueles tempos, eu ia a uma praça pública falar ao povo e todos se juntavam para me ouvir, não havia concorrência; no máximo algum sacerdote latia algo contra mim, mas não existia nem mesmo Rádio Cipó. Hoje em dia, se eu falo numa praça pública, como já falei nas praças públicas de toda a América Latina e boa parte da Europa, tenho que concorrer com a mídia eletrônica, com o palco eletrônico, com os templos eletrônicos massificantes, massacrantes, aos quais não tenho acesso porque é necessário dispor de muitos recursos para se comprar uma cadeia de televisão. Não obstante, os falsos profetas usam o meu nome antigo, obsoleto, Jesus, para auferir lucros ilícitos e tornar-se donos de cadeias de rádio e televisão; assim conseguem enganar e enriquecer cada vez mais apertando o cabresto na cabeça dos incautos”.

7) INRI como você pode defender a Trindade se no passado você afirmou que o PAI era maior do que você? (Lucas)

INRI CRISTO: “Eu não defendo a Trindade, a Trindade não carece de defensor. Quando há dois mil anos eu disse que o PAI era maior do que eu, é óbvio que Ele é maior, pois Ele é o SENHOR do Universo, o Supremo Criador, único Ser incriado, único eterno, único Ser digno de adoração e veneração. Na hora da crucificação, para mostrar a minha pequenez diante de meu PAI, eu disse: ‘PAI, me abandonaste? Em Tuas mãos entrego o meu espírito’ (Mateus c.27 v.46). Meu PAI não aceita levar chicotada, cuspida no rosto; esses são os momentos em que o PAI não está no Filho. E como prova de que eu não me igualo ao meu PAI, eis as palavras que pronuncio ao transmitir a bênção do SENHOR: ‘Em nome de meu PAI, em meu nome e do Espírito Santo eu vos abençoo…’ Eu nunca digo o meu nome junto com o de meu PAI; eu digo em primeiro lugar ‘EM NOME DE MEU PAI’; depois, com a boa e devida distância, digo ‘em meu nome e do Espírito Santo eu vos abençoo (…)’. A Trindade não carece de defensor, ela é incontestável, qualquer ser raciocinante poderá compreender que a Trindade não é uma questão de capricho, status, algo inventado por mim. Muito antes do mundo existir, desde o momento da criação, desde os tempos de Adão e Eva já existia a Trindade: PAI, Filho e Espírito Santo, ou seja, o PAI, que é DEUS, o CRIADOR Supremo; o Filho, que sou eu, o mesmo Adão e o mesmo Cristo que crucificaram, e o Espírito Santo é o espírito da Eva que não reencarna mais individualmente, uma vez que já conseguiu transcender o ciclo evolutivo de reencarnações”.

8) INRI, o que você tem a dizer sobre o sexo hoje em dia??? Casamento, sexo apenas por prazer com muitos parceiros, homossexualidade, adultérios, etc. (Daniel Francisco)

INRI CRISTO: “O sexo ontem, hoje e sempre, foi, é e sempre será a mesma coisa, não tem mudança. A mulher tem o órgão feminino, o homem tem o órgão masculino; o que muda no decorrer do tempo é o uso do equipamento. Existem uns que usam o equipamento que DEUS concedeu para um fim, outros usam para outro, mas cada um deve se responsabilizar pelos seus atos. O sexo é, sempre foi e sempre será o mesmo; é uma coisa sagrada que não se deve usar indevidamente, malgrado nos tempos atuais tenha se vulgarizado. Os homens usam o sexo de acordo com a necessidade, de acordo com a evolução, de acordo com as circunstâncias, de acordo também com a influência que sofrem da mídia, do ambiente social; enfim, cada um usa conforme lhe aprouver. Mas na essência, o sexo é sempre o mesmo. Quanto ao casamento, se casamento fosse bom não precisaria de testemunha; se necessita de testemunha já se pressupõe que haverá arrependimento a posteriori. Já o sexo por prazer com muitos parceiros caracteriza a promiscuidade, a sodomia, são os instintos animalescos se aflorando, enfim, é a imundície, o sexo na lama. Cada um tem uma orientação. A homossexualidade, os adultérios, enfim, todos os atos que praticardes, meus filhos, terão peso fiel na balança do Santo Tribunal Celestial; se necessitais praticar um ato sexual ortodoxo ou não, praticai, até atingirdes o estado evolutivo em que, por consciência, não necessitareis mais. Eu não sou contra nada nem contra ninguém; tão somente, de acordo com a lei de meu PAI, considero que todos um dia serão evoluídos, que todos terão de galgar degrau por degrau a escada da sabedoria até um dia chegarem aonde meu PAI, eu e meus filhos amados seremos todos uma só coisa”.

9) E qual sua opinião sobre a vinda do Papa Bento XVI ao Brasil? (Ana)

INRI CRISTO: “O atual superintendente da meretriz do Apocalipse c.17 veio ao Brasil no intuito de acochar o cabresto das ovelhas ainda desavisadas, enganadas, que continuam a adorar estátuas virando as costas para DEUS, que continuam acreditando que DEUS tem mãe ao rezar a espúria prece ‘santa Maria, mãe de DEUS’. A vinda dele aqui foi um fiasco a olhos vistos; em que pese a massacrante campanha de publicidade oferecida por toda a mídia, ainda sim foi um fracasso. O número de pessoas que compareceram ao evento com a besta nunca chegou à metade do esperado; ele partiu mais ridículo do que quando chegou. Além disso, aqui no Brasil ele tratou sua própria igreja com menos dignidade do que aquela que visitou em Istambul, onde até retirou o sapato para entrar no templo não cristão, fato registrado pela mídia mundial. Aqui ele nem sequer entrou na casa da ‘padroeira do Brasil’ pois não queria pousar, como racista que é, ao lado de uma estátua escura. Ele fez todo o seu cerimonial (na verdade um teatro) do lado de fora, como todo o Brasil pôde testemunhar. Ou seja, a vinda dele não acrescentou nada. Dizei-me: o que ele acrescentou em vossas vidas? Ainda bem que, num gesto de grandeza, o presidente do Brasil não aceitou fazer a vontade dele, pois tinha o objetivo de introduzir no ensino brasileiro a doutrina idolátrica da proscrita igreja romana.”

10) Vossa Santidade (não sei ao certo se devo me referir a você assim, se não… seu coração nobre saberá perdoar… creio eu) falou muito por parábolas há 2000 anos atrás, talvez por isso existam tantos dogmas, crenças e religiões no mundo… suas parábolas certamente contribuíram para as várias interpretações sobre um mesmo “versículo”… Creio que, como evoluímos um bocadinho, você pode ser mais objetivo e direto, quanto aos ensinamentos do Pai, então… por gentileza… descreva objetivamente as Leis Universais a que estamos sujeitos enquanto animamos corpos em 3D e explique cada uma delas… Muito grata! (Kathia)

INRI CRISTO: “Eu só falei e continuo falando em parábolas para dar ocasião aos seres raciocinantes de meditar um pouco e fazer uso do mecanismo cerebral a fim de estimular os neurônios e interpretar corretamente a lei divina. Meu PAI disse que devo falar através de parábolas para facultar que só os filhos dEle, só os que estiverem inspirados por Ele, decifrem os mistérios, os enigmas de suas santas e eternas leis. A Lei de DEUS sintetizada em duas palavras é ação e reação, ou causa e efeito. Da parte de meu PAI vou sintetizar, simplificar em que consiste o pecado, pois conhecendo o que é pecado vos situareis dentro da lei do SENHOR: ‘Pecado é tudo que fizeres que faz mal a ti ou a outrem; tudo que fizeres que não faz mal a ti nem aos outros não é pecado’. O restante foi inventado pelos homens como meio de aterrorizar, manipular, dominar. Inventaram uma série de paradigmas, de falsos preceitos de ética para, em cima disso, poder cavalgar montados nos jegues que obedecem”.

11) Você, a exemplo do primeiro Jesus, sofre perseguição política?

INRI CRISTO: “É óbvio, pois o que falo contraria interesses; existe um rigoroso boicote por parte da mídia imposto pelos políticos, pelos religiosos, enfim, pelos líderes de todas as facções da sociedade, para impedir que eu me manifeste em nível global. Cada líder se considera dono de uma facção da humanidade, e os seres humanos que têm dono ficam contra mim. Cada dono de igreja, cada representante de partido político, cada governo, cada líder de país é um César, e eu estou aqui na Terra só pelos descontentes. Quanto aos que aceitam e se comprazem em ser encabrestados, desejo de coração que sejam muito felizes com seus cabrestos; se lhes compraz obedecer aos donos das igrejas, aos mercenários da fé, aos lobos com pele de ovelha, só me resta desejar que façam bom proveito de suas medíocres vidas. Eu estou aqui pelos descontentes, pelos rebeldes com causa, enfim, pelos rebeldes cuja causa é a restauração da lei divina, da liberdade consciencial. Estou aqui para recolher os meus filhos, que são os descontentes com este mundo caótico. Eu disse há dois mil anos que estes seriam bem-aventurados quando viesse o Reino de DEUS: ‘Bem-aventurados os pobres de espírito, o Reino dos céus será deles; bem-aventurados os mansos, eles herdarão a Terra; bem-aventurados os que choram, eles serão consolados; (…) Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, o Reino dos Céus será deles’ (Mateus c.5 v.3 a 10). Os descontentes choram e eu estou aqui por eles, para consolá-los e facultar-lhes vislumbrar a luz da justiça divina”.

12) INRI CRISTO, você pratica algum tipo de trabalho para ajudar as pessoas, além dos discursos? Se sim, poderia nos dar mais detalhes?

INRI CRISTO: “Eu liberto os meus filhos da escravidão das trevas, recebo pessoas desamparadas, desenganadas, desorientadas, desestabilizadas socialmente e lhes concedo meu amor em forma de bênção. Quando estão sem emprego, oriento-lhes e indico como conseguir um emprego; quando estão enfermos, peço ao meu PAI que os abençoe. Vou citar alguns exemplos, já que fizeste essa pergunta: certa feita veio à minha presença uma empregada doméstica que tinha quatro filhos para sustentar; cada vez que precisava arranjar um emprego ela se apresentava de calça comprida, mas ela tinha na perna uma ferida muito feia, quase do tamanho da palma da mão, e nem sempre podia usar calças pois machucava a ferida. Quando ela ia para o serviço de vestido, o patrão via aquela ferida horrível e logo a mandava embora, por isso ela veio me procurar em busca de ajuda – esse é um exemplo que mexeu bastante com meu coração. Então eu desci do Altar da Casa do SENHOR (quando era em Curitiba), acerquei-me e coloquei minhas mãos – que não uso para cumprimentar ninguém – na ferida dela cheia de pus. Ato contínuo lavei minhas mãos numa pia que havia ao lado do altar (podeis até ver nas fotos), e aproximadamente quinze dias depois ela voltou lá feliz, contente; fez questão de dizer a mim e aos presentes na ocasião que havia sido curada e lamentava não poder voltar, pois tinha que trabalhar duro para manter o sustento dos quatro filhos, e no dia de sábado não podia comparecer à reunião pois o emprego exigia que trabalhasse também no sábado. Lembro-me também do caso de um jovem que havia levado uma facada na virilha, onde se formou uma ferida grande que não cicatrizava. Então, mais uma vez desci do altar, fui lá colocar minhas mãos na ferida dele; tempo depois ele voltou e, com o semblante repleto de alegria, desceu a calça na frente dos discípulos(as), mostrou como estava o local do ferimento e disse: ‘Olha aqui, INRI, minha carne foi curada!’ Ele ainda disse que a cura daquela ferida foi um milagre, pois ali onde estava não era possível fazer pontos. Só DEUS sabe como foi, porque milagres unicamente Ele é quem faz. Eu apenas digo: ‘Ó PAI, abençoe teus filhos com saúde, luz e justiça…’ e coloco minhas mãos nas cabeças dos enfermos ou na própria enfermidade, mas quem cura é o meu PAI. Houve o caso do Dr. Antenor Costa, de Belém do Pará, psiquiatra que tinha câncer no sangue; ele veio a mim, ajoelhou-se, tomou a bênção e sarou, conforme constatação de exame médico. O jornalista Dirceu Santana, que trabalhava na RedeTV, tinha câncer no olho e estava prestes a passar por uma cirurgia, todavia ele ajoelhou-se contritamente para receber a bênção do SENHOR. Tempos depois ele me reencontrou e disse não haver necessitado da intervenção cirúrgica e agradeceu-me pela cura da enfermidade. Assim como estes, houve inúmeros outros casos. Enfim, esse é o tipo de trabalho que faço gratuitamente durante toda a minha vida, coerente com o que disse antes de ser crucificado: ‘Ide, curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expeli os demônios. Dai de graça o que de graça recebestes’ (Mateus c.10 v.8). Eu oriento as pessoas mostrando-lhes o caminho do bem, a direção do bem e da liberdade consciencial. Ao contrário dos falsos profetas, não preciso sair por aí levando as pessoas a dizer: ‘Conte a bênção!’, pois nada faço por mim mesmo, apenas cumpro a vontade de meu PAI, SENHOR e DEUS, que é em mim”.

13) O Senhor tem conhecimento de todas as suas encarnações? A alma está sempre encarnando ou ela fica um tempo em “stand by”? Quero saber se o senhor encarnou no intervalo entre Jesus e INRI…

INRI CRISTO: “Não houve intervalo, nem mesmo um segundo; não fiquei lá no céu, no espaço sideral, esperando para reencarnar, reencarnei ato contínuo, pois onde eu estava, na eternidade, o tempo não conta. Aqui na Terra se passaram dois mil anos, mas lá não se passou nem mesmo um segundo e logo reencarnei, lá não tive tempo para nada, subi e desci. Lá em cima não demorou nem um segundo depois que me crucificaram e no mesmo segundo eu reencarnei. Agora, aqui embaixo, amanhece o dia, anoitece, come-se, bebe-se, vai-se no banheiro, mas lá em cima não tem nada disso, porque lá o tempo não conta”.

14) Quais as “boas novas”, já que não vi nenhuma?

INRI CRISTO: “A principal boa nova é meu PAI haver-me reenviado a este mundo depois de dois mil anos a fim de instituir o seu santo reino sobre a Terra, formalizado pela SOUST, e guiar os eleitos na fundação das bases da nova sociedade terrestre que emergirá das cinzas, após a eclosão da inevitável hecatombe nuclear que culminará com o fim deste mundo caótico. Voltei para reconduzir os seres humanos que amam a luz ao caminho da luz, ensinando-lhes as eternas e imutáveis leis de DEUS, a liberdade de consciência, a comunhão íntima com o ALTÍSSIMO, o Todo-Poderoso e com a natureza”.

15) Em que INRI enriquecerá o Evangelho?

INRI CRISTO: “Olhando pelo aspecto histórico, há dois mil anos expulsei os vendilhões que comercializavam na porta do templo em Jerusalém, mas agora, obediente a meu PAI, adentrei o templo construído em meu nome antigo, obsoleto (Jesus), expulsei os sacerdotes, subi no altar, arranquei e quebrei o bonequinho da cruz, dizendo: ‘Saiam daqui, ladrões mentirosos, adoradores de ídolos, vendilhões de falsos sacramentos. Eu sou Cristo!’. Há dois mil anos desfilei para o povo no lombo de um burro; desta feita, fui carregado pelo povo num andor, em plena Rua das Flores, principal avenida do centro de Curitiba. Mas analisando pelo aspecto teológico, eu vos digo em verdade que a lei de DEUS é eterna e imutável; é a mesma ontem, hoje e sempre. O que muda são as circunstâncias sociais e geográficas, que mesuram o grau de entendimento inerente a cada povo em cada período da história. Evangelho é tudo o que eu falei e ensinei aos discípulos. Agora que voltei, reitero tudo o que ensinei há dois mil anos, e ainda vos explico, à luz da razão e da lógica, certas passagens das Sagradas Escrituras de difícil entendimento. A questão não está em enriquecer o Evangelho, e sim fazer com que os seres humanos ponham em prática os ensinamentos constantes no Evangelho, ao contrário é hipocrisia dizer-se cristão. Não sou eu que necessito enriquecer o Evangelho, e sim os seres humanos necessitam enriquecer seus interiores através dos ensinamentos que ministro da parte de meu PAI, deixar que a luz divina adentre seus corações a fim de que conheçam a única riqueza que não desvanece jamais: o vínculo com o Supremo CRIADOR do Universo, DEUS, meu PAI, único Ser incriado, único eterno, único Ser digno de adoração e veneração”.

16) Você faz alguma coisa que qualquer ser humano normal não faz, com exceção de se vestir dessa forma estranha?

INRI CRISTO: “Eu faço uma coisa que a maioria dos seres humanos não faz: eu amo sem nada exigir em troca, ensino a amar, a ser livre, a cultivar a liberdade de consciência. Agora eu não posso fazer algo que um ser humano normal não faz, porque então eu seria um anormal. Eu não sou anormal, eu sou o Filho de DEUS, tenho a missão que meu PAI me confiou de ensinar a lei de DEUS. Eu não sou comum, não pratico sexo, mas não tenho nada contra quem pratica. Meu PAI deu-me consciência de que o sexo é uma energia sagrada; ela não deve ser jogada fora, desperdiçada, e sim utilizada para abastecer o cérebro. Quando jejuava em Santiago do Chile, em 1979, DEUS me concedeu poder sobre a carne. Desde então já não tenho mais essas inquietudes inerentes aos seres humanos”.

17) Supostamente entre 2013 ou 2014 (devido ao erro em nosso calendário) anos depois de sua primeira vinda… o que você acha hoje dos ideais anarquistas? Quero saber a sua opinião quanto ao anarquismo porque para mim é evidente que se Jesus Cristo existiu ele era anarquista. (Júnior)

INRI CRISTO: “Depende do ângulo pelo qual você vê o termo ‘anarquista’; o anarquista pode, por exemplo, ser um iconoclasta. Eu sou iconoclasta, mas não aceito o termo anarquista, porque, ao menos aqui no Brasil, é um termo pejorativo. Eu não pratico nenhum tipo de anarquia, apenas busco a ortodoxia da lei divina. Quando entrei na catedral de Belém do Pará em 28/02/1982, expulsei os sacerdotes, subi no altar, quebrei a estátua… eu não estava fazendo anarquia, e sim pondo ordem na Casa de meu PAI. Pratiquei um ato iconoclasta quando quebrei o bonequinho que estava falsamente pregado na cruz, o qual os traidores da causa divina dizem que sou eu. Eu não me considero anarquista, mas nada tenho contra os anarquistas (no bom sentido); eu me considero, isto sim, um fervoroso defensor da lei divina. Quando alguém viola a lei divina em meus domínios, sou obrigado a praticar a iconoclastia. No caso, a catedral de Belém se dizia cristã, se dizia casa de Cristo, e eu, sendo Cristo, fui lá praticar um ato iconoclasta a fim de fazer retornar a ortodoxia naquilo que até então se dizia a Casa de meu PAI. Foi naquele momento dentro da catedral que nasceu a SOUST – Suprema Ordem Universal da Santíssima Trindade, minha Nova e Única Igreja, a formalização do Reino de DEUS sobre a Terra, no cumprimento do que prometi antes de ser crucificado”.

18) No seu perfil se encontra escrito: “sou teodidata, ensinado diretamente por DEUS.” Como assim? Você fala constantemente com Deus? Como ele é? E por que você tem esse privilégio e os outros seres mortais não? (Coroliano)

INRI CRISTO: “Meu PAI é inefável, indescritível; Ele é um Ser energético, infinito, eterno. Ele não tem um corpo físico que me permita descrevê-lo. Mas como Ele é onipresente, onisciente e onipotente, se conseguires enxergar o Universo, estarás vendo DEUS. Eu faço minhas orações todos os dias e ensino meus filhos a orar o Novo PAI Nosso, que é o meio mais direto e eficaz de estabelecer um contato com o SENHOR. Ele me dá as instruções que devo transmitir à humanidade; quanto a falar só comigo, só Ele pode responder o porquê. Mas ainda assim, por ser o SENHOR da palavra, o SENHOR do Universo, Ele pode falar com qualquer pessoa se esta for a Sua vontade, porque a verdade é uma só, não importa a boca ou o meio pelo qual se manifeste. Tão somente, por eu ser o primata mais antigo que evoluiu, o patriarca, o Pai de todos vós, que sois meus descendentes, então Ele fala para mim primeiro. Justo por ser o mais antigo é que entreguei meu corpo em holocausto e fui crucificado para resgatar os pecados que minha prole cometera, posto que fui eu, Adão, quem iniciara a humanidade no caminho do pecado. Por este motivo eu disse: ‘PAI, perdoai-os, eles não sabem o que fazem’ (Lucas c.23 v.34)”.

19) Como se tornar o seguidor do INRI CRISTO? (Coringa)

INRI CRISTO: “Basta tu levares em conta minhas palavras, assimilar os ensinamentos que ministro da parte de meu PAI e já estarás me seguindo; depois podes ter um colóquio pessoal comigo para receber instruções de lábios a ouvidos”.

20) INRI CRISTO, acredito que você já ouviu muita gente pedindo para você ir se tratar, certo? Agora a pergunta mesmo: você já foi alguma vez se consultar sobre o assunto??? É sério. (Fábio)

INRI CRISTO: “Olha, meu filho, efetivamente durante essa minha longa caminhada sobre a Terra, encontrei muitos néscios, energúmenos, estafermos gritando: ‘Vai se tratar, louco!’ Quando pratiquei o Ato Libertário em Belém do Pará, o juiz Dr. Jaime dos Santos Rocha decretou minha prisão preventiva e nomeou uma junta psiquiátrica presidida pelo Dr. Nerival Barros com a missão de definir minha condição psíquica. Este, após longos interrogatórios, declarou à imprensa que, ‘conforme perspectivas otimistas, só no dia do Juízo Final poderiam concluir um laudo’; argumentou que não podiam avaliar minha condição porque, no parecer deles, meu cérebro atua além dos limites da capacidade de compreensão, numa esfera mental transcendental, considerada atípica. O psiquiatra Dr. Antenor Costa, de Belém do Pará, que sofria de câncer no sangue, pediu a bênção e obteve a cura de leucemia através de mim. Só para teres uma ideia, meu filho, há algum tempo conheci um psicólogo, especialista em psicodiagnóstico, que escreveu um livro sobre mim intitulado: ‘INRI, Louco, Farsante ou Messias?’. Ele pediu que eu me submetesse ao teste de Rorschach, cujo resultado está no livro. Durante mais de um ano ele veio duas vezes por semana questionar-me pessoalmente. Então, quando tiveres a oportunidade conhecer esta literatura, saberás a opinião do profissional, psicólogo especialista em psicodiagnóstico. Portanto, quem fala: ‘Vai se tratar!’ são as vozes das trevas, os escravos dos cabrestos de Roma e dos falsos profetas; se porventura tu quiseres vestir essa carapuça, não ficarei decepcionado. Mas se fizeste essa pergunta só para te situares, saibas tu que sou louco sim, mas de amor pela humanidade”.

21) Uma coisa só existe a partir de que prove sua existência? Ou a partir de que prove sua não existência? Prove-me que Jesus foi enviado por DEUS. (Allyson)

INRI CRISTO: “O óbvio é ululante, não carece de provas. Se quando eu me chamava Jesus fui até crucificado para resgatar os pecados da humanidade, ensinei a lei de meu PAI e continuo ensinando a mesma lei, não há por que provar qualquer coisa a quem quer que seja; só os fariseus necessitam de provas e só os cegos não podem ver. Eu não preciso de ninguém para nada, porque sou o Emissário de meu PAI; só dEle preciso. Não preciso de ninguém nem para lavar minha túnica ou minha sandália, porque eu mesmo sei lavar, e justo porque sei lavar não preciso, os meus discípulos lavam para mim. Eu não preciso de nada, não preciso provar nada, nem tampouco que existi há dois mil anos, ou que DEUS me mandou naquela época. Não tenho necessidade de provar. Todavia, se tu queres arranjar um emprego, tens que provar através de um dossiê, através da habilidade profissional, que estás apto a assumir aquele emprego. Eu não estou pedindo emprego, não estou pedindo nada de ninguém; ao contrário, eu estou dando, estou transmitindo gratuitamente o amor de meu PAI, então não preciso provar nada”.

22) INRI diz: “Desde os tempos de Adão e Eva já existia a Trindade”. Mas a “trindade” prega justamente a igualdade entre DEUS, o Filho e o Espírito Santo… eles são “unos”, “indivisíveis”, “soberanos”, “todo-poderosos” em igual escala (do contrário não seria trindade). Como você explica essa discrepância?? Mostre-me a palavra trindade na bíblia e eu serei seu mais fervoroso seguidor. (Lucas)

INRI CRISTO: “A existência da Trindade não significa necessariamente que PAI, Filho e Espírito Santo estejam no mesmo nível, tanto é que em primeiro lugar, acima de todos está o PAI, depois vêm o Filho e o Espírito Santo. O Filho está abaixo do PAI, recebendo as instruções do PAI, e o Espírito Santo é o espírito que repousou sobre o corpo do Filho do Homem após passar pela purificação do batismo e jejum, complementando a Trindade. Como prova de que eu mesmo há dois mil anos reconheci que meu PAI é maior, superior, humildemente disse-Lhe na hora da crucificação: ‘PAI, me abandonaste?’ (Mateus c.27 v.46); ‘PAI, nas tuas mãos encomendo o meu espírito’ (Lucas c.23 v.46). Note bem, se eu disse que entregava o meu espírito, estava reconhecendo que o espírito do PAI é maior que o meu. No bojo desta afirmação está também a prova de que eu não fui de carne e osso para o céu e sim em espírito. Meu PAI e eu somos uma só coisa porque Ele é onipresente e se manifesta através de mim. Mas quando me deram chicotadas, quando cuspiram em meu rosto e me humilharam na ocasião da crucificação, meu PAI me abandonou porque Ele é majestoso e dispensa essas gentilezas, além de que eu precisava passar por tudo aquilo a fim de resgatar o débito com a lei divina. PAI, Filho e Espírito Santo são uma só coisa porque Ele é onipresente, mas dissociáveis sim, porque Ele é o SENHOR, o Todo-Poderoso. O fato de não estar escrito o termo ‘trindade’ na Bíblia não significa que a Trindade não tenha existido ou não esteja na Bíblia. Desde o princípio da criação, quando DEUS criou Adão e depois a Eva, já existia a Trindade. O SENHOR separou a Eva do meu corpo e ela passou pelo processo da reencarnação individualmente, até que há dois mil anos veio o Espírito Santo que pousou sobre mim; era o espírito da Eva purificado, que não reencarna mais individualmente e não peca mais, por isso se convencionou chamar santo. Para os seres raciocinantes, na Bíblia está escrito sim sobre a Trindade desde o início da criação: PAI – DEUS, o CRIADOR; Adão – o Filho, a quem ele dava ordens (às quais desobedeci culminando com a expulsão do paraíso), e Eva – que desde há dois mil anos é o chamado Espírito Santo. Mas como eu disse, isso para os seres raciocinantes; não obstante, os seres rastejantes jamais assimilarão minhas palavras. Quanto ao que os homens inventaram e distorceram no transcorrer dos séculos, incluindo os asseclas de Constantino, é uma questão de usar o bom-senso e pedir a DEUS o dom do discernimento a fim de separar o que é inspiração divina das invencionices humanas. E em verdade te digo, meu filho: tu não precisas ser um fervoroso seguidor, mas podes sim assimilar minhas palavras. Rogo a meu PAI que te ilumine e te conceda o dom da compreensão”.

23) Cristo disse que não veio causar a paz, mas sim a guerra. O senhor veio causar a guerra? Jogar os pais contra os filhos, como diz a Bíblia? (Renan Celso)

INRI CRISTO: “Esse texto está bem explícito em Mateus c.10 v.34 a 40: ‘Não julgueis que vim trazer paz à terra, não vim trazer a paz, mas a espada. Porque vim separar o filho de seu pai, a filha de sua mãe, a nora de sua sogra; e os inimigos dos que crerem em mim serão os seus próprios parentes’. Bem, meu filho, eu sou o Emissário da Paz, e justo porque sou da paz, os espíritos das trevas, quando me encontram, ficam desesperados e se revelam no ambiente familiar; então a separação entre filho e pai, filha e mãe, nora e sogra torna-se inevitável. Isto quer dizer que no seio de uma família inteira, às vezes uma única pessoa tem olhos para ver quem sou e permanece fiel a meu PAI e a mim, mesmo que os parentes se manifestem em contrário. Aqueles que amam a luz vêm a mim e recebem mais luz, enquanto os espíritos das trevas ficam revoltados, odeiam, blasfemam, agridem… eis por que a separação é inevitável. Quando eu disse que viria separar e que não traria a paz, mas a espada, essa espada é minha língua, através da qual eu falo a verdade, que nem todos estão aptos a ouvir e assimilar. Nem todos têm olhos para ver e ouvidos para ouvir, essa é a realidade”.

24) O Senhor teve contato com Satanás nesta encarnação? Por que Satanás não pode ser arrepender e ser salvo?

INRI CRISTO: “Porque o Satanás é um espírito, um instrumento de purgação e de evolução para os seres humanos. Ele só poderá ser salvo o dia em que todos estiverem salvos, em que todos estiverem evoluídos, pois então ele não precisará mais cumprir o seu papel no contexto da criação divina”.

25) Nunca passou pela sua cabeça estar sendo vítima de uma obsessão? Acho que você deveria ir a um centro espírita!

INRI CRISTO: “O perguntador é que demonstra estar sob uma obsessão, percebe-se que ele sim está obsedado pelos espíritos das trevas; ao contrário, estudaria minha história completa e constataria que meus atos refletem obediência Àquele que me reenviou a este mundo, pois vivo unicamente para cumprir a vontade do ALTÍSSIMO, meu PAI, SENHOR e DEUS. Quando uma pessoa está passando por uma obsessão, ela não tem coerência nos atos, nas palavras, nas decisões. Foi por obediência a meu PAI que reuni dez mil pessoas comigo e perpetrei o Ato Libertário no interior da catedral de Belém do Pará em 28/02/1982, que culminou no rompimento do vínculo com minha antiga igreja (a proscrita romana, meretriz do Apocalipse c.17) e o nascimento da Nova Ordem Católica, SOUST (Suprema Ordem Universal da Santíssima Trindade). E não é preciso muito esforço para constatar a notória decadência da proscrita igreja romana, que por força da maldição do ALTÍSSIMO agoniza dia após dia e lentamente fenece, vítima do verdugo divino chamado tempo. Sempre que o SENHOR dá uma ordem, ao mesmo tempo Ele propicia os meios de executá-la, ao passo que as interferências oriundas do maligno beiram a insanidade; aí está a principal diferença entre uma ordem proveniente do ALTÍSSIMO e uma obsessão dos espíritos das trevas. Deveras, através da pergunta é possível constatar que o questionador se trata de uma cavalgadura sob custódia de um espírito obsessivo”.

26) Inri em quanto está estimada sua fortuna?

INRI CRISTO: “Minha fortuna, minha única fortuna é o poderoso vínculo que cultivo com o ALTÍSSIMO, meu PAI, SENHOR e DEUS. A Polícia Federal já investigou todo o meu passado, pregressou minha vida quando respondi a um processo de falsidade ideológica que se arrastou por quinze anos em Curitiba e culminou com o reconhecimento de minha identidade pelas autoridades terrestres. Estarrecida, a Polícia Federal constatou minha legitimidade, uma vez que não possuo bens materiais, não tenho conta bancária, enfim, vivo só para servir meu PAI, SENHOR e DEUS. Em verdade, em verdade vos digo: minha maior riqueza está justamente em não possuir nada. Se eu possuísse qualquer bem material seria desprovido da autoridade, do poder espiritual e teocrático de que meu PAI me investiu. Os únicos pertences que posso definir como sendo meus são: minha túnica, meu manto, minha sacola, minhas sandálias. Nada tenho contra os bens materiais. Ao contrário, peço ao ALTÍSSIMO que vos abençoe com prosperidade e abundância, até para que possais participar da provedoria da casa do SENHOR, a SOUST (Suprema Ordem Universal da Santíssima Trindade). Só eu não posso possuir nada em meu nome; se possuísse, lesaria a majestade espiritual de meu PAI, SENHOR e DEUS, que é em mim. A SOUST vive de doações espontâneas. O SENHOR é o provedor e inspira os seres humanos de coração puro a dar com a mão direita sem que a esquerda saiba quanto (Mateus c.6 v.3)”.

27) Quem foi Maomé (profeta Mohammed) que se dizia “o último profeta do Deus de Abraão”?

INRI CRISTO: “ Meu PAI é o SENHOR, DEUS de Abraão, de Isaac e de Jacó. Eu só respondo por minha condição, por INRI CRISTO que sou, enfim, só respondo pelo Cristianismo. Não opino sobre líderes religiosos que não tenham a ver com o Cristianismo”.

28) O que pensas dos acontecimentos ao longo da história relativos aos inúmeros massacres que se deram em nome da religião? O que pensas daqueles que matam em nome de Deus (ou Allah ou qualquer outro nome)?

INRI CRISTO: “Não penso, eu sei e sinto que nada acontece na Terra sem o consentimento de DEUS. Se alguém é vítima de algum massacre, se alguém sucumbe num acidente ou tempestade, num desastre ou numa desgraça, está resgatando seu débito carmático; o corpo padece, fenece, pode até ser mutilado, mas o espírito retorna à origem purificado e depois receberá um novo corpo de acordo com os desígnios de meu PAI, SENHOR e DEUS, Supremo CRIADOR e único SENHOR do Universo. Os que mataram em nome da religião matariam também por outro motivo, os que odeiam em nome da religião outrossim odiariam o seu próximo por outro motivo. Na verdade só precisa de religião aqueles que se atreveram a desligar-se de DEUS. Quem está unido a DEUS, quem cultiva uma intimidade com DEUS não precisa de religião, tampouco necessita escudar-se atrás de uma religião para deixar aflorar os instintos primitivos que o remetem à sua primordial condição selvagem”.

29) Por que Cristo precisa de assessor?

INRI CRISTO: “Eu, INRI CRISTO, não preciso de assessor para mim. No entanto, as circunstâncias impostas pela minha missão demandam que eu tenha assessores a fim de que os meus filhos possam vir ao meu encontro e se relacionar comigo. Desde os tempos em que me chamava Jesus eu tinha os discípulos para me assessorar no relacionamento com o público e agora não podia ser diferente”.

30) Se você é realmente Jesus porque esta formando discípulos ao invés de trazer o entendimento de que somos filhos do mesmo PAI? Pois quem segue ao PAI não precisa seguir Mestres.

INRI CRISTO: “É um equívoco afirmares que estou formando discípulos; eu não estou formando discípulos (as). Quem forma é a fôrma e eu não sou nenhuma fôrma; tão somente ensino meus filhos a viverem dentro das leis de meu PAI. Aqueles que têm capacidade de assimilação levam em conta minhas palavras e os ensinamentos que ministro da parte de meu PAI; dentre muitos, pouquíssimos se tornam discípulos (as), só os que têm vocação e nasceram com esta missão. Estou te respondendo justamente para dar o entendimento que tu pedes, para que um dia sejas digno de ser chamado de filho de DEUS, pois só pode ser chamado de filho de DEUS aquele que se torna digno e que o Primogênito reconhece. Deveras, meu filho, quem segue ao PAI não necessita seguir mestres, até porque eu disse aos discípulos há dois mil anos: “A ninguém chameis pai sobre a terra, porque um só é o vosso PAI, o que está nos céus, nem vos façais chamar mestres, porque um só é o vosso Mestre, o Messias” (Mateus c.23 v.10). Se alguém me reconhece e me chama de Mestre, não é por mim e sim por Aquele que me reenviou; nada do que falo atribuo a mim mesmo senão unicamente a meu PAI, SENHOR e DEUS”.

31) Se o mundo não tem jeito, por que você não faz um milagre e o salva?

INRI CRISTO: “Só meu PAI faz milagre. Há dois mil anos, quando interrogado pelos discípulos sobre os sinais do fim do mundo e de minha volta à Terra, respondi-lhes: ‘E ouvireis falar de guerras e de rumores de guerras, e se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, pestilências e terremotos em diversos lugares… Todas essas coisas são o princípio das dores’ (Mateus c.24 v.7 e 8). Suponhamos que meu PAI me desse poder para salvar o mundo antes de se cumprir tudo que enunciei; então eu não seria o Filho de DEUS, CRISTO, o Enviado de DEUS. Teria sido um mentiroso há dois mil anos ou o seria agora, pois eu disse que quando voltasse todas estas coisas que estão acontecendo iriam acontecer, e outras mais. Só em atenção aos eleitos é que DEUS abreviará os dias de tribulação, os dias terríveis que se avizinham. Portanto, não é uma questão de salvar o mundo das desgraças que estão por vir, pois são inevitáveis; minha missão é dar consciência aos filhos de DEUS sobre como funciona a Lei de DEUS, a fim de que cada um possa se salvar. Eu não posso salvar o mundo das coisas que o próprio ser humano semeou fazendo mau uso do livre-arbítrio; todas as guerras, calamidades, enfim, todas as desgraças que estão acontecendo foi o homem quem plantou e terá que colher.”

32) Você não acha que Deus seja um bocado incompetente? Se há tantos milhares de anos ele vem tentando falar com seus “filhos” e até agora não conseguiu se fazer entender, é no mínimo duvidosa a sapiência de tal divindade.

INRI CRISTO: “Compreendi perfeitamente que estou falando com um ateu. Faz-se mister salientar que DEUS não está preocupado se até agora, nesses milhares e milhões de anos, não conseguiu se fazer entender na tentativa se comunicar com seus filhos; na verdade, não é Ele quem está falhando. DEUS, meu PAI, é o Supremo CRIADOR, único Ser incriado, único eterno, único Ser digno de adoração e veneração, onisciente, onipotente, onipresente, único SENHOR do Universo. Ele expõe a lei e, por ser onipresente e onisciente, sabe de antemão que toda a lei criada por Ele há milênios carece ser interpretada e compreendida pelos terráqueos. Não obstante, também sabe o SENHOR que cada ser humano, de acordo com o grau de evolução espiritual, demora mais ou menos tempo para assimilar a lei. A sapiência é própria do Supremo CRIADOR, mas não é necessariamente dos terráqueos, porque a maioria esmagadora ainda raciocina de forma rastejante, à semelhança dos quadrúpedes que vivem na posição horizontal. Só os verticais conseguem raciocinar e começam a vislumbrar a grandiosidade, a sabedoria do Supremo CRIADOR. Justamente porque o ser humano necessita experimentar o estreito caminho da evolução que leva ao infinito, poucos sabem e compreendem a lei divina. Por este motivo meu PAI sempre me reenvia à Terra com a missão de expor e interpretar a lei aos seres humanos, e até para responder perguntas como esta que tu acabas de me fazer.”

33) A propósito, se o cristianismo é uma religião “monoteísta” e que (em teoria) acredita em um único deus, como podem vocês acreditar em um deus que (segundo a bíblia) é “três em um”? E os santos, como ficam? Não raro, os santos ganham mais atenção da população do que o deus principal… neste caso, os cristãos.

INRI CRISTO: “Já percebi que tu és um ser raciocinante e considero relevante responder minuciosamente as tuas questões. O verdadeiro Cristianismo sim é monoteísta, já o paganismo não. No paganismo acreditava-se em procissão, em rainha do céu, ‘nossa senhora’. Já nos primórdios do Cristianismo, os dirigentes da igreja que veio a se tornar católica apostólica romana (não mais cristã em sua essência), aliados aos imperadores de Roma, decidiram pela substituição das deusas pagãs Cibele e Isis pelas ‘nossas senhoras’, que proliferam até os dias contemporâneos. Da mesma forma os ‘santos’ foram inventados pelos abutres, vigaristas, enganadores, traidores da causa divina que se subjugaram à meretriz do Apocalipse c.17. Santo um só é, o SENHOR DEUS, meu PAI. O restante são invencionices dos mercenários da fé. E eu vos digo em verdade que no caso do SENHOR e da Santíssima Trindade, não é uma questão de ser um deus ‘três em um’, ou seja, não existem três deuses em um; o SENHOR é e sempre será o SENHOR, o Supremo CRIADOR, único Ser incriado, único eterno, único Ser digno de adoração e veneração. A Santíssima Trindade significa que PAI, Filho e Espírito Santo são uma só coisa porque o PAI é onipresente; o Filho sou eu que vos falo, que fui o primeiro homem, Adão, ancestral da raça humana, e o Espírito Santo é o espírito do primeiro ser humano feminino, mitologicamente chamado de Eva, que não reencarna mais; ambos demos origem à humanidade. Não importa se o meu primeiro nome foi Adão, ou Adam; importa que sou o mesmo espírito, o Primogênito de DEUS, que reencarnei como Noé, Abraão, Moisés, Davi, etc., depois como Jesus e agora como INRI. Há dois mil anos tive que resgatar os pecados da humanidade posto que fui eu, Adão, quem iniciara a humanidade no caminho do pecado, e por este motivo tenho sempre a missão de reconduzir os seres humanos ao caminho do SENHOR.”

34) Qual o sentido da vida?

INRI CRISTO: “A vida não tem outro sentido senão viver, evoluir e glorificar o Supremo CRIADOR, meu PAI, único Ser incriado, único eterno, único Ser digno de adoração e veneração. Fora disto, nem sequer pode ser considerada vida, pois a vida na Terra sem o SENHOR é um vale de sofrimentos e atribulações.”

35) Você acha que os demônios abandonam o corpo de uma pessoa apenas quando se proferem alguns versos da Bíblia?

INRI CRISTO: “É claro que eles não abandonam o corpo de uma pessoa só por proferir alguns versos da Bíblia. Ao contrário, eles dão risadas se tu apenas proferes alguns versos da Bíblia pensando em expeli-los, não é tão simples como parece”.

36) O que impediria que eles ocupassem o mesmo corpo novamente?

INRI CRISTO: “Os demônios abandonam o corpo de uma vítima que pronuncia alguns versos da Bíblia apenas quando o demônio é cúmplice do impostor que diz expulsá-lo para aumentar o número de escravos. Quando dá a impressão de que o falso pastor está expulsando o demônio, em verdade, porque o demônio é simulador, ele finge abandonar o corpo da vítima no afã de dar crédito ao impostor que é seu cúmplice, seu aliado. Mas depois ele volta com seus colegas de forma mais veemente ainda para se apossar daquele corpo. A única forma de afastar os demônios é orar o Novo PAI Nosso de corpo e alma, e pedir humildemente ao ALTÍSSIMO que afaste as energias malignas provenientes dos espíritos das trevas”.

37) O arrebatamento não era depois da vinda de Cristo?

INRI CRISTO: “Não existe arrebatamento, isso é invencionice de Paulo, ele delirou dizendo que eu viria arrebatar minha igreja. Por três vezes Paulo declarou sua condição de delinquente. Ele confessa em I Coríntios c.15 v.9 que não era digno de ser chamado apóstolo porque perseguiu a igreja de DEUS; depois declara em Gálatas c.1 v.7 que mesmo se viesse um anjo do céu ensinando outro Evangelho além daquele que eu deixei há dois mil anos, fosse considerado anátema (ou seja, maldito). E para fechar com chave de ouro, em Romanos c.3 v.7 ele confessa que é mentiroso. Então, o que você pode esperar de uma pessoa mentirosa? Uma das mentiras de Paulo foi dizer que eu viria arrebatar. Não existe arrebatamento, existe a reunião dos filhos de DEUS com o Primogênito, com o Filho do Homem que vos fala. Quando este mundo caótico se findar, os eleitos se reunirão e lhes transmitirei as instruções do ALTÍSSIMO sobre como proceder a fim de formar a nova sociedade terrestre”.

38) O que você me diz sobre os gnósticos, ou “Gnose”? O que eles pregam é certo?

INRI CRISTO: “Depende, meu filho. Se os gnósticos aos quais te referes são aqueles que tentam controlar as energias do sexo, fanaticamente obedientes a Samuel Aun Weor, do México, então eu te digo que estão girando em redondo, ajoelhados diante do dono do cabresto e virando as costas para DEUS. Os seguidores de Samuel Aun Weor jamais conseguirão o que ele prometeu, posto que o poder sobre a carne só meu PAI pode dar, e Ele só dá àqueles aptos a assimilar humildemente os ensinamentos que ministro da parte dEle. Se estiveres perguntando sobre outros gnósticos, então requer que reformules a pergunta”.

39) Sobre a alma não poder entrar em água, digo que só é verdade se alma = respiração, pois é possível o homem viver indefinidamente submerso, basta ter os aparelhos necessários (será que esses aparelhos carregam a alma?). Segundo essa sua teoria, a alma de um mergulhador iria se esvaindo enquanto ele permanecesse submerso. Sobre o livre-arbítrio, pode me dizer o que acontece se alguém se proclamar o próprio Cristo e pregar assim como Ele pregava? Sei que não sofreria coisas ruins pela ação e reação, pois ele faria/pregaria apenas coisas boas.

INRI CRISTO: “O homem até pode sobreviver submerso por algum tempo com auxílio de aparelhos, mas não indefinidamente; a alma não se esvai desde que se mantenha o contato com o elemento vital que é o oxigênio. DEUS inspirou os cientistas a inventarem esses instrumentos de mergulho, facilitando assim o deslocamento dos que cumprem sua missão debaixo da água. O sangue não coagula porque continua sendo alimentado pelo oxigênio, e o espírito, consequentemente, acompanha o seu titular. Quanto à segunda questão, qualquer ser humano que ousar se proclamar Cristo, mesmo que pregue todas as coisas que eu preguei quando me chamava Jesus e se mostre o mais competente ator, será meramente um papagaio repetidor de palavras, posto que muito além das palavras está a autoridade no ensinar, a certeza, a segurança, e sobretudo a unção do SENHOR. Talvez tu nem saibas, mas CRISTO, oriundo do grego, quer dizer ‘o ungido’, no singular. Portanto CRISTO existe um só, eu que vos falo sou o mesmo CRISTO que crucificaram há dois mil anos, gostem ou não, creiam ou não”.

40) Cristo guarda o sábado ou o domingo?

INRI CRISTO: “Obviamente guardo o sétimo dia, que é o sábado do SENHOR. Na condição de representante da lei do SENHOR, ensino os discípulos e todos os integrantes do Reino de DEUS, formalizado pela SOUST, a guardar o dia de sábado. Todos nós aqui na Casa do SENHOR em Brasília, na Nova Jerusalém, guardamos o sábado; os meus seguidores também guardam o sábado, que é o dia de nos reunirmos e falar do SENHOR, não só adorar, porque adorar eu O adoro todos os dias e assim ensino aos meus filhos. Na verdade, o domingo é o primeiro dia da semana, é a primeira-feira, depois vem a segunda-feira e assim por diante”.

41) Cristo anulou o Antigo Testamento? 

INRI CRISTO: “Eu jamais anulei o Antigo Testamento, pois ele faz parte da lei divina. Eu mesmo disse quando me chamava Jesus que não vim para abolir a lei e sim para cumpri-la (Mateus c.5 v.17). Foi justamente por causa do Antigo Testamento que me entreguei em holocausto; estava previsto que eu tinha que ser sacrificado para fazer a nova aliança, propiciando que a humanidade começasse uma vida nova a partir de então”.

42) Parece, de acordo com suas encarnações que você citou, que a Bíblia resume a sua história. É isso? A história da humanidade está diretamente vinculada com a sua história?

INRI CRISTO: “A Bíblia é um livro de letras mortas e só com a anuência e inspiração do ALTÍSSIMO alguém pode entendê-la sem enveredar pelo fanatismo. A história da humanidade está obviamente vinculada à minha história, uma vez que sou o Primogênito de DEUS. Não importa se dizem que fui Adão, ou Adam, ou qualquer outro nome. O importante é que fui o primeiro macaco que nasceu ereto e sem rabo, o Primogênito de DEUS, Pai da humanidade”.

43) Essa lei do Sábado, que não se deve trabalhar, é válida ainda hoje?

INRI CRISTO: “A lei de DEUS está em vigor para sempre. Nós guardamos o sábado e todos aqueles que quiserem a bênção do SENHOR devem guardar o sábado, que é o dia do SENHOR, é o dia de renovar a simbiose e ficar em harmonia com o SENHOR. O SENHOR misericordioso perdoa os ignorantes, mas só os ignorantes são perdoados; aqueles que têm consciência da lei divina devem guardar o sábado”.

44) Quais as consequências de termos escolhido o domingo como dia de descanso?

INRI CRISTO: “As consequências são próprias de quem obedeceu ao imperador Constantino; ele converteu-se ao Cristianismo declarando-o religião oficial do império romano como golpe de habilidade política. Para atrair adeptos pagãos, introduziu diversas mudanças, dentre as quais mudar o dia de repouso dos cristãos de sábado para domingo, o Dia do Sol venerado pelos pagãos. Mas a lei do SENHOR sempre continuou em vigor. O sábado do SENHOR é o dia mais propício para receber as bênçãos do SENHOR; os judeus têm prosperidade porque observam a lei e guardam o sábado. Não obstante, quem guarda o domingo ao invés do sábado fica desprovido das bênçãos celestes que o SENHOR distribui no dia de sábado, e não no domingo. Portanto, quem quiser ter parte nas bênçãos do SENHOR, deve guardar o sábado. A consequência de guardar o domingo ao invés do sábado é o desamparo, o desprezo de DEUS aos desobedientes. Mas enquanto sois ignorantes da lei divina, o SENHOR misericordioso e magnânimo vos absolve; a ignorância neste caso é um invólucro de proteção, principalmente porque fostes ludibriados, enganados pelos mercenários da fé, sucessores de Constantino”.

45) INRI, o Senhor diz, no seu perfil do Orkut, que gosta da música Carmina Burana, de Orff. O senhor tem ciência de que a letra da música é uma profusão de cânticos em latim, francês e alemão arcaicos, todos heréticos e obscenos? Que fazem apologia ao sexo, à comida excessiva e outras formas de contradição aos ensinamentos bíblicos?

INRI CRISTO: “Tomei consciência sim de que a música Carmina Burana é uma mistura de francês, alemão e latim arcaicos. Todavia, ouvir essa música faz bem aos meus ouvidos. A primeira vez que a escutei foi num programa de televisão em Portugal, no canal SIC. Já analisei-a profundamente e não há por que recriminá-la. Agora, quanto à apologia do sexo, comida excessiva e outras formas de contradição aos chamados ensinamentos bíblicos, depende da ótica, do ângulo em que se olha. Por exemplo, o sexo é a árvore da vida mencionada na Bíblia, mas ele pode fazer bem ou mal dependendo da forma como é administrado. Pelo sexo, alguém pode matar ou usar para fins de procriação. Já os que estão no caminho da transcendência espiritual, estes podem sublimar as energias do sexo para despertar a criatividade e produzir boas obras voltadas ao bem. Quanto à comida excessiva, também é relativo. Qualquer um pode comer em excesso independente de qual música esteja tocando. Mesmo que uma canção faça apologia ao uso dos instintos bestiais, cada um reage da forma que bem lhe aprouver. No meu conceito, a música Ó Fortuna, inserida no contexto de Carmina Burana, é muito bela, sublime, agradável de ouvir, pois o que me interessa neste caso é o que meus ouvidos escutam. Por exemplo, Je t’aime moi non plus é uma canção francesa que representa um encontro sexual, mesmo assim é muito agradável apreciá-la. Alguém pode pensar em morte ao escutar uma música fúnebre, mas pode também ouvi-la pensando na vida, afinal de contas a morte não existe. Posso escutar a Odisséia Espacial e apreciá-la sem delirar, sem pensar que estou numa viagem interplanetária. Existem músicas clássicas lindas que podem ser interpretadas de várias formas. Beethoven, Mozart, Wagner, Tchaikovsky… Uns podem pensar em guerra ao escutar as músicas desses compositores, enquanto outros se deleitam com a paz que delas emana. Quem se limita a preceitos primitivos porventura atrelados a uma música ou a uma obra de arte ficará restrito aos limites da bitola que lhe é imposta. Eu, INRI CRISTO, amo tudo que é belo, e essa música Carmina Burana é muito bela; retrata a realidade da vida com seus altos e baixos. Ne me quitte pas é uma música lindíssima, inserida na minissérie Presença de Anita, e nem por isso é menos bela. A maldade está na cabeça dos seres humanos. Quando uma pessoa tem conteúdo intestinal na cabeça, com ou sem música ela exala um odor nauseabundo. Todavia, se ela cultiva na cabeça só o que é bom, aí ela pode contemplar o sublime mesmo diante de uma música profana. E as músicas sacras, quais os critérios para serem declaradas sacras? Quem é que declarou a música Ave Maria sacra senão os sucessores da Inquisição? Enfim, tudo é uma questão da ótica em que se olha”.

46) Você teve algum ensinamento da Cabala? Com quem?

INRI CRISTO: “A cabala só me é decifrada através de meu PAI, SENHOR e DEUS, que é o meu único instrutor. Foi Ele quem me inspirou há dois mil anos, e agora também, a decifrar os mistérios cabalísticos. Recentemente li um livro intitulado O Poder da Cabala, de Yehuda Berg, que porta em seu bojo a essência dessa sabedoria milenar numa linguagem simples e acessível. Recomendo a leitura desse livro a todos que anseiam por liberdade consciencial”.

Obs.) O livro O Poder da Cabala está disponível na internet em formato eletrônico.

47) A tumba em Talpiot que descobriram é realmente onde os ossos de sua antiga encarnação foram depositados?

INRI CRISTO: “Conforme já expliquei na circular intitulada Ressurreição, para que findasse a ultrajante sessão de escárnios e deboches que perduravam mesmo depois da crucificação e consequente desencarnação, meu PAI enviou emissários fiéis para remover o meu corpo físico do sepulcro onde estava e o depositassem numa sepultura anônima. Depois do sepultamento definitivo, é óbvio que os parentes procuraram saber o local e não está fora de cogitação que tenham aproveitado uma carona na minha última morada. Todavia, vos digo em verdade que só posso falar com convicção as coisas que meu PAI, SENHOR e DEUS julga relevante revelar. O que não é relevante permanece na esfera das hipóteses, como é o caso em questão”.

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

16 + quinze =